Queijo do Marajó passa a ser reconhecido com Indicação Geográfica

Queijo produzido em sete municípios da Ilha do Marajó, no Pará, ganha reconhecimento do INPI Com uma tradição de mais de 200 anos de história, o queijo do Marajó, produzido no estado do Pará, conquistou nesta terça-feira (23), o registro de Indicação de Procedência, concedido pelo Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI). Com o título, o queijo preparado de forma artesanal, a partir do…

Café arábica de Caparaó recebe selo de Indicação Geográfica

O café arábica produzido na Região do Caparaó, no Espírito Santo, conquistou o registro inédito de Indicação Geográfica (IG) na categoria de Denominação de Origem (DO) concedido pelo Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI), no último dia 2. O café arábica em grãos verdes, industrializado na condição de…

Trigo especial produzido no Paraná recebe reconhecimento internacional

Trigo de Origem surgiu para a produção de pães artesanais e tem potencial para se tornar uma Indicação Geográfica “O Paraná tem a vocação para produzir trigo. Temos profissionais capacitados e um produto que não deve nada às principais farinhas do mundo”. A frase de Divanildo Carvalho Junior, diretor-executivo…

Café do Campo das Vertentes conquista Indicação Geográfica

Quem degusta o café da região, se surpreende com os sabores achocolatados, frutados e caramelizados O clima ameno, com excelente altitude para o plantio e características próprias que vão desde o apuro técnico até valores históricos e culturais no plantio de café, garantiu o selo de Indicação Geográfica…

Guaraná Sateré-Mawé é a primeira Indicação Geográfica de terra indígena

Localizada nas divisas dos estados do Amazonas e do Pará, essa indicação geográfica compreende a demarcação da Terra Indígena Andirá-Marau, onde o povo Sateré-Mawé produz o waraná (guaraná nativo) O Instituto Nacional da Propriedade Intelectual (INPI) reconheceu, na terça passada (20) a Terra Indígena Andirá-Marau como indicação geográfica…

Produtores europeus com Indicação Geográfica são reconhecidos no Brasil

Acordo entre Mercosul e União Europeia, assinado em 2019, permite que agroindústrias do continente europeu de bebidas e queijos certificados sejam cadastradas em território sulamericano. Em contrapartida, na Europa já foram reconhecidas todas as indicações do agro brasileiro O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) disponibilizou para…