Transporte agropecuário requer cuidados sanitários especiais, a exemplo do bem-estar animal, aponta ABPA. Foto: Diuvlgação

O presidente da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), Francisco Turra, se reuniu em Brasília (DF) na quinta-feira, 11 de julho, com o ministro de Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, para apresentar uma proposta de logística dos setores de avícolas e suinícolas.

Também participaram no encontro o coordenador do Grupo de Logística da instituição, José Perboyre, o diretor para Novos Projetos, Marcelo Osório, além de representantes das agroindústrias associadas e técnicos do Ministério.

Na ocasião, os representantes da ABPA apresentaram propostas do setor produtivo nacional, focadas na melhoria da capacidade exportadora e de abastecimento interno. Ainda apontou as características do transporte agropecuário, que requer cuidados sanitários especiais, a exemplo do bem-estar animal.

“O ministro compreendeu e ressaltou o alinhamento com os anseios de nosso setor produtivo em otimizar a capacidade de distribuição e exportação de proteína animal”, explica Turra, que também é membro da Academia Nacional de Agricultura da Sociedade Nacional de Agricultura (SNA).

Representantes da ABPA e dos setores avícolas e suinícolas com o ministro de Infraestrutura, Tarcísio Gomes. Divulgação ABPA

Encontro na Apex-Brasil

O executivo e outros membros da ABPA também participaram de um encontro com o presidente da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), o contra-almirante da Marinha do Brasil Sérgio Ricardo Segovia Barbosa, além de representantes da gestão do órgão de promoção.

Os pontos para a construção de um novo projeto setorial para o fortalecimento dos setores de aves, suínos e ovos do Brasil estiveram em pauta.

“A Apex-Brasil está engajada no fortalecimento da imagem setorial da avicultura e da suinocultura do País.  Este é um compromisso assumido e ressaltado pelo presidente da agência, que exerce um papel estratégico para o fomento aos novos negócios para o setor produtivo nacional”, destaca Turra.

Fonte: ABPA