Paraná é o maior produtor nacional de tilápia e o Sul lidera a produção entre as regiões com aproximadamente um quarto do total. O setor como um todo, por sua vez, já gerou mais de US$ 136 milhões de exportações em 2018. Foto: Divulgação

O setor de proteína animal que mais avança no Brasil é a piscicultura, com crescimento de 25% desde 2014 e uma produção total de 722,5 mil toneladas no ano passado. A AveSui EuroTier South America ocorrerá justamente em Medineira, no Estado do Paraná, no epicentro da “multiplicação dos peixes” em curso no País. Com apoio da revista A Lavoura e Sociedade Nacional de Agricultura (SNA), o evento será realizado entre os dias 23 e 25 de julho.

O Paraná é maior produtor nacional de tilápia (principal espécie criada por lá) e o Sul lidera a produção entre as regiões com aproximadamente um quarto do total. O setor como um todo, por sua vez, já gerou mais de US$ 136 milhões de exportações em 2018.

Para Flávio Paulert, gerente do Departamento de Peixes da C.Vale, a atualização tecnológica é indispensável para manter a competitividade.

“A participação permitirá comparar o que se está fazendo com o que os outros fazem, além de se sintonizar nas novidades. A C.Vale costuma enviar representantes ou estimular a presença de nossos produtores para que eles se atualizem, possam conhecer as inovações e aprimorar seus resultados” explica.

Gerente de Integração Peixes da Copacol, Nestor Braun destaca a importância do evento em diversos aspectos: “É uma vitrine e um ponto de encontro dos profissionais, empresas e produtores de aves, suínos e peixes, segmentos onde atuamos. Permitirá avaliar o que há de melhor em inovações tecnológicas no mundo para a produção, além de palestras com temas atuais e alinhados com nossas atividades”.

Expectativas

Segundo o Anuário PeixeBR da Psicicultura 2019, as expectativas para este ano são positivas e de otimismo. O Brasil já é o 4º maior produtor de tilápia, que é o peixe de cultivo mais presente, mas também tem produção relevante de salmão, carpa e panga.

Entre os peixes nativos, o maior destaque é o tambaqui e os estados que lideram a cadeia são Rondônia, Mato Grosso e Maranhão, com quase 60% da oferta total. Apesar disso, apenas Ceará e Distrito Federal não têm produção registrada de pescados.

Além de uma das “proteínas do futuro”, o setor de peixes tem linhas de financiamento do BNDES e Finep, empresas exportadoras, 455 mil estabelecimentos de aquicultura e diversas outras iniciatias de fomento ao setor. Os produtores e investidores também estão em franco avanço.

Para produzir com qualidade e eficiência, as tecnologias de vanguarda em ambiência, nutrição, sanidade e manejo são indispensáveis e estarão acessíveis na AveSui EuroTier 2019.

A feira reúne as expertises do tradicional evento brasileiro e do principal encontro global em tecnologia para produção animal. É por isso que a feira contará com diversos expositores com foco na produção de peixes nas áreas de nutrição, saúde e automação.

Serviço

AveSui EuroTier South America

O que? AveSui EuroTier South America

Quando? 23, 24 e 25 de julho de 2019

Onde? Medianeira – Paraná, a 30 min de Foz do Iguaçu

Por quê? Parceria de dois do maiores eventos de produção animal do mundo na região com maior densidade de produção de proteína animal do planeta.  

Inscrições? https://www.avesui.com/

Fonte: Assessoria de comunicação da AveSui EuroTier South America 2019