Especialistas abordarão doenças que podem acometer suínos, como a Síndrome reprodutiva e respiratória dos suínos (PRRS) e Diarreia Epidêmica dos Suínos (PED). Foto: Divulgação

Diversos países enfrentam ou já enfrentaram grandes desafios com questões ligadas à sanidade da suinocultura. Para abordar as medidas para o diagnóstico e controle em casos de surtos, a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) promoverá o painel Enfermidades Emergentes de Suínos, durante o Salão Internacional de Avicultura e Suinocultura (SIAVS), que será realizado entre os dias 27 e 29 de agosto, no Anhembi Parque, em São Paulo (SP).

Programado para o segundo dia do encontro, a explanação será comandada pelo professor doutor David Barcellos, da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). As apresentações e debates acerca do tema ficarão por conta de Janice Zanella, chefe geral da Embrapa, Marcelo Nunes de Almeida, pesquisador da Iwoa State University, e Geraldo Marcos de Moraes, da Secretaria de Defesa Agropecuária do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

Nas apresentações, os especialistas abordarão assuntos relacionados a doenças que acometem esses animais, como a Síndrome reprodutiva e respiratória dos suínos (PRRS) e Diarreia Epidêmica dos Suínos (PED). Embora estas enfermidades não tenham sido detectadas no Brasil e não afetem humanos, devido as perdas econômicas que podem causar à suinocultura brasileira em caso de contaminação, é fundamental que todos sigam as normas de segurança.

Recomendações ao suinocultor

“De maneira geral, as orientações passadas aos produtores é evitar em sua granja visitas de estrangeiros ou de qualquer pessoa que não seja do sistema produtivo, àqueles que forem viajar para o exterior, não visitar granjas de produtores de suínos e não trazer na mala produtos suínos, pois a doença também pode ser disseminada pelas roupas e calçados”. comenta Rui Vargas, diretor técnico da ABPA.

Ainda de acordo com ele, “nosso sistema produtivo deve estar sempre atento e seguir as regras de sanidade. Todo cuidado é pouco para lidar com enfermidades”

O painel Enfermidades Emergentes de Suínos acontece dia 28 de agosto (quarta-feira), a partir das 9h, dentro da programação do SIAVS. Inscrições pelo site www.siavs.com.br.

Sobre o evento

Principal evento do calendário nacional da avicultura e da suinocultura, o Salão Internacional de Avicultura e Suinocultura é organizado pela Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA).

Em sua última edição, atraiu mais de 15 mil visitantes de 51 países.  Em torno de 1,7 mil congressistas participaram de uma das maiores programações de palestras do agronegócio.

O Projeto Produtor, iniciativa exclusiva do SIAVS voltada para os avicultores e suinocultores, atraíram 1,4 mil produtores ao Anhembi Parque.

Cerca de 150 empresas expuseram seus produtos e soluções na maior feira da avicultura e da suinocultura do Brasil.  Ao todo, 31 agroindústrias exportadoras de aves, ovos e de suínos participaram do evento, participando de encontros com importadores, compradores do mercado interno e fornecedores.

Fonte: Assessoria de comunicação da ABPA